Live Your Dream...

"Você não sabe. Você nunca sabe. Mas você arrisca mesmo assim. Certeza é para gente que não ama o suficiente."

“Aí o telefone tocou. Deixei tocar. Nunca atendia ao telefone na parte da manhã. Tocou cinco vezes e parou. Eu estava sozinho comigo mesmo. E, por mais repugnante que fosse, era melhor que estar com alguém, qualquer um, todos lá fora fazendo seus pequenos truques e piruetas. Puxei as cobertas até o pescoço e esperei. Decidi ficar na cama até o meio-dia. Talvez então a metade do mundo estivesse morta e ele seria menos difícil de enfrentar.”

—   Charles Bukowski. (via versos-no-vento)

(Source: m-oleque, via marcusouza)

“Eu acredito em segunda chance, só não acredito que todo mundo a mereça.”

—   Caio Fernando Abreu (via allaxg)

(Source: caiofabreu, via allaxg)

O segredo é mesclar carinho com safadeza.

(Source: efeit0-tequila, via explorado)

(Source: cerimoniais, via explorado)

“Você não sabe. Você nunca sabe. Mas você arrisca mesmo assim. Certeza é para gente que não ama o suficiente.”

—   Imagine Eu e Você. (via verbius)

(Source: quotear, via im-bebado)

“Já dá trabalho ser eu mesmo, imagina ser a pessoa que você quer?”

—   Clarissa Corrêa. (via romuloassis)

(Source: soul-mpb, via uma-menina-abstrata)

“Atacaram-me com socos, revidei com abraços. A força bruta fere o corpo, mas amor revigora a alma.”

—   Allax Garcia.  (via allaxg)

(via allaxg)

“Eu realmente acredito que, embora o amor possa ferir, ele também seja capaz de curar.”

—   Nicholas Sparks  (via allaxg)

(via allaxg)

“Não, meu bem, não adianta bancar o distante.
Lá vem o amor nos dilacerar de novo…”

—   Caio Fernando Abreu   (via nevou)

(Source: f-r-a-g-m-e-n-t-a-r, via nevou)

“Ela tem uma bunda maravilhosa. Mas, sério. Eu gosto quando ela adormece no sofá e depois faz manha para ir deitar na cama. Aí eu a pego no colo, tiro cada peça de roupa, exceto a calcinha e as meias. Ela sente frio nos pés, até no verão. Não sei, eu me sinto poderoso e acolhedor. Então ela pede que eu a abrace de conchinha, ao menos até pegar no sono. Cara, eu odeio dormir de conchinha, detesto aqueles fios soltos de cabelo pinicando meu nariz. Mas adoro o cheiro que ela tem na nuca e ficar colado naquela bunda. Não sei como resolver isso.”

—   Gabito Nunes.  (via carioca94)

(Source: m-a-r-r-e-n-t-o, via conn3cticut)